12/10/2013

Roberto Engler preside audiência do Orçamento em Franca

Necessidades da região foram ouvidas e registradas pela Comissão de Finanças

imagem_destaque

Roberto Engler e Jépy Pereira

O deputado estadual Roberto Engler (PSDB) presidiu, na noite de quinta-feira (10), audiência pública, realizada na Câmara Municipal de Franca, para que a Comissão de Finanças, Orçamento e Planejamento da Alesp (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo) discutisse com a população da região o Orçamento Estadual de 2014. Lideranças regionais ofereceram suas demandas e votação dos presentes elegeu a área da Saúde como prioridade principal. 

Além de Engler, os deputados Vitor Sapienza (PPS), Enio Tatto (PT) e Professor Tito (PT) participaram do encontro, que teve como anfitrião o presidente da Câmara Municipal de Franca, Jépy Pereira. 

Aqueles que apresentaram reivindicações foram principalmente autoridades municipais. José Benedito Barcelos, ex-prefeito de São José da Bela Vista, pediu melhorias viárias para os acessos a seu município. Carlos Funchal (PSDB), vereador de Patrocínio Paulista, pleiteou que a estrada da Usina Rosa fosse estendida até o bairro Santa Cruz e ainda pediu a cobertura de quadras.  

Elson dos Santos (PSC), vereador de Cristais Paulista, sugeriu mais investimentos na cultura, uma ambulância para sua cidade, e pavimentação da estrada de ligação de Cristais até Ribeirão Corrente. Ciclovia, iluminação na matriz, máquina para poda de árvore e van para atendimento de saúde são os pedidos do vereador Carlos Cesar (PSDB), de São José da Bela Vista.  

Os vereadores de Franca encaminharam os pleitos da cidade. Adérmis Marini (PSDB) pediu unidade Lucy Montoro, atendimento a dependentes químicos e ainda estudos de um programa para efetivar a castração de animais, de forma a controlar o abandono de animais. Laercinho (PP) quer mais atenção aos agricultores e, portanto, sugeriu a ampliação do programa Melhor Caminho. Márcio do Flórida (PT) defendeu mais recursos para programas habitacionais de baixa renda e valorização do funcionalismo público. Valeria Marson (PSDB) indicou a duplicação da rodovia Candido Portinari até Rifaina. Jépy Pereira, presidente da Câmara de Franca, pleiteou a construção de trecho da estrada Fabio Talarico, para que moradores do entorno possam ser atendidos.  

Jeriquara necessita da conclusão do anel viário, onde falta apenas uma rotatória, além da construção de um centro de convivência do idoso. Essas demandas foram apresentadas por Cintia Costa, presidente do PSDB local.  

Ricardo de Oliveira, diretor do Sindsaúde (setorial de Franca), reivindicou revisão salarial e melhores condições de trabalho. João Marcelo Cunha, de Batatais, propôs a construção de um hospital do câncer em sua cidade, cujo terreno já está disponível. Sidney Elias, empresário de Franca, solicitou a abertura de pistas marginais na rodovia Cândido Portinari.  

Encerrando a audiência o deputado Professor Tito ressaltou a importância das audiências e do trabalho da comissão como avanço da democracia. O deputado Enio Tatto demonstrou preocupação pelo fato de a saúde ter sofrido redução de investimentos no Orçamento estadual 2014. O deputado Vitor Sapienza disse que a participação popular é fundamental para a construção de um Orçamento justo.

O deputado estadual Roberto Engler ressaltou os diversos investimentos que a região tem recebido do Governo do Estado, citando, entre outros, a duplicação e recape da Rodovia Fábio Talarico, a Estadualização da Santa Casa de Franca, a instalação do Conservatório Musical de Franca, a modernização do Aeroporto de Franca, a Implantação de um Bom Prato, a construção do Sistema de Captação de Águas do Rio Sapucaí e a duplicação e o recape da Rodovia Cândido Portinari. 
Por fim, Engler celebrou o bom andamento da audiência pública e agradeceu a presença de todos, além da receptividade dos vereadores de Franca. “Foi uma noite importante de Democracia e exercício de cidadania”, avaliou. 


PREVISÃO ORÇAMENTÁRIA
Para Franca e região, foi destinado no texto original do projeto do Orçamento 2014: R$ 1,6 milhão para o Centro Paula Souza; R$ 296,7 milhões para ampliação, recuperação e modernização da malha rodoviária; R$ 626 mil para o programa São Paulo Vivendo em Paz; R$ 1,5 milhão para requalificação habitacional e urbana; R$ 1,5 milhão para saneamento; 200 mil para o programa voltado à atividade esportiva; e R$ 5,2 milhões para o fomento ao desenvolvimento das estâncias. 


Com informações da Agência Alesp