18/09/2013

Municípios assinam convênios para ter caminhões

Crédito Ambiental Paulista prevê investimento de R$ 34 milhões em 171 municípios

imagem_destaque

Modelo de caminhão pipa a ser repassado

O governador Geraldo Alckmin (PSDB), o secretário estadual de Meio Ambiente, Bruno Covas, e 170 prefeitos paulistas assinaram, na tarde hoje (18), convênios para repasses de caminhões. Entre as cidades beneficiadas estão Barrinha, Buritizal, Caconde, Campina do Monte Alegre, Cravinhos, Cristais Paulista, Dumont, Igarapava, Ipuã, Itirapuã, Orlândia, Ribeirão Corrente, São José da Bela Vista e Taiúva. Mais de R$ 34 milhões provenientes do Crédito Ambiental Paulista serão investidos. Cerca de 500 cidades com até 50 mil habitantes devem receber um veículo.

Onze municípios vão adquirir caminhões para coleta seletiva no valor de R$ 150.039,60 cada. Dezoito optaram por caminhões pipa equipados, que sairão por R$ 283.500,00 a unidade. Cento e quarenta e uma cidades escolheram caminhões coletores e compactadores de lixo, no valor de R$ 194.025,00 cada.

A finalidade das parcerias é melhorar a gestão dos resíduos sólidos e prevenir e combater incêndios florestais. A compra coletiva dos veículos permitiu ao Estado economia, já que um caminhão com valor de mercado inicial calculado em R$ 270 mil custará R$ 194 mil. 

O deputado estadual Roberto Engler elogiou a disposição do Governo do Estado para colaboração com os municípios. “A questão ambiental e da gestão de resíduos, em especial, são importantíssimas e nem sempre as Prefeituras têm condição de resolvê-las sozinhas. Essa iniciativa do Governo é essencial e, mais uma vez, demonstra a parceria com as cidades”, afirmou.

Com a redução, 53 municípios com população acima de 50 mil habitantes aderiram ao programa com recursos próprios. "A compra será feita de forma descentralizada. Ou seja, quem compra são os municípios, mas nós fizemos ata de preço para ganhar escala", explicou o governador Geraldo Alckmin.

Foto: Edson Lopes Jr./Governo de SP