31/08/2013

Santa Casa de Pedregulho terá projeto pioneiro

Enfermaria de cuidados prolongados é a primeira do estado

imagem_destaque

Roberto Engler observa discurso de Geraldo Alckmin

O primeiro hospital de cuidados prolongados do estado de São Paulo foi oficialmente entregue hoje (31). E ele fica na região de Franca. É a Santa Casa de Pedregulho, visitada pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB) e pelo deputado estadual Roberto Engler (PSDB) nesta manhã.


O hospital vai disponibilizar 22 leitos para a enfermaria de cuidados continuados, denominada José Luiz Marangoni e destinada a em internações de até 90 dias. O Governo do Estado de São Paulo investiu R$ 2 milhões na Santa Casa de Pedregulho. 


A intenção é converter hospitais de pequeno porte em locais de cuidados a pacientes, em sua maior parte idosos, que necessitam de internação simples. Os leitos desses hospitais, muitos deles frequentemente vazios, seriam destinados a esses enfermos. “Como resultado, as pequenas Santas Casas teriam maior renda e os hospitais gerais, na nossa região, a Santa Casa de Franca, mais vagas para casos mais complexos”, afirmou o deputado Roberto Engler.


“É um trunfo na região de Franca, a primeira a receber esse projeto do Governo do Estado, que, até 2014, será estendido a outras regiões do estado, como as de São José do Rio Preto, Marília, Presidente Prudente e Araçatuba”, revelou Engler.


"Nós estamos iniciando hoje (31) um modelo inédito, que é um hospital de cuidados prolongados [para idosos]. Temos muitas santas casas no interior com dificuldade, parte dos prédios ociosos, vamos aproveitar esses espaços e abrir leitos", afirmou Alckmin.


O Governo do Estado de São Paulo disponibilizou um médico, sete enfermeiros, três auxiliares de enfermagem, um psicólogo, um fisioterapeuta e um nutricionista, que farão parte da equipe da enfermaria de cuidados continuados e serão acrescidos de profissionais da própria Santa Casa de Pedregulho no dia a dia da unidade.

 

 

RECURSOS PARA PEDREGULHO
Recebidos pelo prefeito Zezinho Galego (PMDB), pela primeira-dama Maísa Siquieri Coelho de Almeida, pelo presidente da Câmara Municipal, Raimundo Lobão (PSDB), entre outros, o governador Geraldo Alckmin anunciou liberação de verbas para Pedregulho. 


A cidade, que já garantiu a liberação de uma creche-escola, deve receber mais duas. Por meio do Programa Creche-Escola, o Estado financia a construção e os equipamentos das unidades, enquanto o município oferece o terreno para tanto.


Alckmin ainda anunciou a construção de uma nova Delegacia de Polícia em Pedregulho e a liberação de duas pontes metálicas destinadas a estradas rurais. O governador prometeu também avaliar a possibilidade de apoio do Governo do Estado na construção de avenida que deve ligar novo Conjunto Habitacional de Pedregulho, com 264 moradias, ao Centro da cidade.
A visita do governador ainda serviu para a entrega oficial do Título de Cidadão Pedregulhense, concedido pela Câmara Municipal no início deste mês.