20/08/2013

Atuação Engler beneficia Guaíra com três grandes obras

4ª Companhia da PM, novo Fórum e casas populares somam milhões em investimentos

imagem_destaque

Roberto Engler e secretário Silvio Torres

A atuação do deputado estadual Roberto Engler (PSDB) foi fundamental para a liberação de milhões em investimentos do Governo do Estado para Guaíra, nos últimos meses. A construção da sede da 4ª Companhia da Polícia Militar, já em andamento, do novo Fórum e de 240 casas populares, que devem ser iniciadas em breve, tiveram a intermediação do parlamentar.


“São projetos maiores, com custos mais altos, que temos defendido ao longo dos últimos dois, três anos, em parceria com lideranças locais, e, em 2013, com apoio dos amigos vereadores do PSDB, José Reginaldo Moretti, José Natal Pereira, Bia Junqueira e Neto Nogueira”, revelou o deputado.
A sede da 4ª Companhia da PM, sediada em Guaíra e com ascendência também sobre os efetivos de Jaborandi, Colina e Colômbia, segue a todo vapor. A obra deve ser entregue até o fim deste ano e representa R$ 1,3 milhão em investimentos do Governo do Estado. A Polícia Militar vai passar a contar com estrutura apropriada, em terreno anexa à Delegacia de Polícia Sede.


O deputado Roberto Engler trabalhou trata do assunto desde 2011. “Tivemos algumas reuniões com comandantes da PM em todo o Estado, em especial o Coronel Álvaro Batista Camilo, e a obra em andamento é uma grande vitória de Guaíra”, afirmou o tucano.

 

 

NOVO FÓRUM
No início deste mês, o deputado estadual Roberto Engler, na companhia do prefeito Sérgio de Mello (PT) e da vereadora Bia Junqueira, se reuniu com o presidente do Tribunal de Justiça, Ivan Sartori, para tratar da construção do novo Fórum de Guaíra. O município se dispôs a ceder área localizada entre os bairros Jardim Palmares, Muraishi I e Nobre Ville, espaço que abrigará não somente o fórum, mas outros órgãos de Justiça, como unidades do Ministério Público e Procuradorias e a Casa do Advogado.


O projeto se assemelha com uma Cidade Judiciária, o que agradou o TJ e dá perspectivas ótimas para que a obra comece em breve. “O aval do Tribunal é essencial para que possamos realizar essa intenção, de dar melhor estrutura e espaço à Casa da Justiça em Guaíra”, disse Engler.


A audiência com o presidente do Tribunal de Justiça serviu para reafirmar acordo que já havia sido costurado por Engler junto à Secretaria Estadual de Justiça e Defesa da Cidadania. A autorização do órgão executivo remonta a 2011, mas uma resolução do CNJ (Conselho Nacional de Justiça), editada no ano passado, prevê que a obra deve ser priorizada pelo Tribunal de Justiça para ser realizada. Guaíra entrou na fila de municípios que desejam obras do mesmo tipo.
 
 

240 CASAS DA CDHU
O município dá andamento nos procedimentos necessários para a construção de 240 casas da CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano), autorizadas durante audiência realizada em fevereiro deste ano, com o secretário estadual de Habitação, Silvio Torres. 
A Prefeitura vai ceder terreno de mais de 90 mil metros quadrados para a CDHU, área adquirida por R$ 1,1 milhão com recursos do município. A companhia deve repassar R$ 400 mil como reembolso de parte do custo da área e ainda vai financiar a construção das casas, que devem custar pelo menos R$ 10 milhões.


“As etapas que antecedem a licitação das moradias estão sendo vencidas aos poucos. Há a doação do terreno, a aprovação do empreendimento e, depois, virá a licitação e o início das obras. O importante é que os passos estão sendo dados e que as casas estão garantidas”, disse o deputado Roberto Engler.