09/09/2013

Publicada licitação de recape da Fábio Talarico

Recape entre Franca e São Joaquim da Barra deve custar mais de R$ 60 milhões

imagem_destaque

Clodoaldo Pelissioni e Roberto Engler

Foi publicada, na página 157 do Diário Oficial de sábado (7), a licitação das obras de recapeamento, com faixas adicionais e remodelação completa do trevo de acesso a São José da Bela Vista, da Rodovia Fábio Talarico entre Franca e São Joaquim da Barra. O valor orçado da obra é superior a R$ 68 milhões.

As intervenções devem se estender entre os quilômetros 42,5 e 83 da via. “É algo pelo qual temos trabalhado há algum tempo e que tem mais uma etapa confirmada, a última antes das obras”, afirmou o deputado Roberto Engler (PSDB), que se reuniu com o superintendente do DER (Departamento de Estradas de Rodagem), Clodoaldo Pelissioni, na última quarta-feira (4), tratando deste e de outros assuntos.

O edital dá prazo de 12 meses para realização das intervenções. Em meados de outubro, a licitação deve ter novo andamento. “Agora são as questões legais de prazos e concorrência pública. É acompanhar e torcer para que não haja imprevistos. Se tudo correr bem, o começo das melhorias deve ocorrer entre o fim do ano e começo de 2014”, afirmou o deputado Roberto Engler.

As obras entre Franca e São Joaquim da Barra devem completar a recuperação da Rodovia Fábio Talarico, já que o trecho entre São Joaquim e Ipuã foi recapeado recentemente e outro setor, no município de Guaíra, também está em licitação. Seis quilômetros da estrada no perímetro urbano de Franca (até a altura do Distrito Industrial) serão duplicados. “Esta concorrência pública, de mais de R$ 30 milhões, está quase concluída”, revelou o deputado.

No total, a Fábio Talarico deve receber mais de R$ 100 milhões em investimentos do Governo do Estado.


CÂNDIDO PORTINARI
Durante encontro com o superintendente do DER, Clodoaldo Pelissioni, novamente se confirmou a previsão de publicação da concorrência pública para duplicação de 15 quilômetros da Rodovia Cândido Portinari (entre Franca e o trevo de acesso a Jeriquara), com custo estimado de R$ 90 milhões, para outubro. Além da pista dupla para os veículos automotores, a obra inclui a construção de ciclovias. 

A recuperação da estrada de Jeriquara até Rifaina, orçada em R$ 61 milhões, deve ter concorrência pública até outubro. As melhorias previstas incluem recapeamento, pavimentação de acostamentos e construção de terceiras faixas em alguns trechos.

As reivindicações, defendidas pelo deputado Roberto Engler há bastante tempo, têm confirmação do governador Geraldo Alckmin, que falou das obras no último sábado, durante visita à região, em Pedregulho e Ipuã. "Recapeamento, acostamento, terceira faixa, obras de segurança. Todo mundo terá uma rodovia de primeiro mundo", disse o governador.


PAVIMENTAÇÃO DA ESTRADA VELHA
Outra informação obtida pelo deputado Roberto Engler na última quarta (4) trata da Estrada Vela Franca-Batatais (Rodovia Rio Negro e Solimões). O DER está concluindo o projeto de pavimentação de toda a extensão da estrada.

São 35 quilômetros de novo asfalto e recuperação de outros 11. A obra está avaliada em R$ 86 milhões. “Há recape, acostamentos e asfaltamento, mas chamamos de pavimentação porque vai atingir toda a estrada e porque os poucos trechos que têm asfalto atualmente estão muito ruins”, afirmou o parlamentar.

Entre os quilômetros 354,6 e 378,2 e 387 e 398,4, será executada a pavimentação. Os dois segmentos de recuperação do asfalto estão entre os quilômetros 352,3 e 354,6 e 378,2 e 387. Além disso, toda a estrada deve ganhar acostamento novo. “A previsão de licitação é para 2014”, garantiu o deputado Roberto Engler.