Roberto Engler defende Franca e região contra novos pedágios

01/02/2016 >

O deputado estadual Roberto Engler aproveitou audiência pública realizada na manhã do dia 1º de fevereiro, em Araraquara, para expor claramente sua posição contrária a novos pedágios nas Rodovias Cândido Portinari e Ronan Rocha. O parlamentar criticou duramente a intenção de implantar novas praças de cobrança na região, constante do projeto de novas concessões no estado de São Paulo.


“Sou frontalmente contrário a novos pedágios na Cândido Portinari e na Ronan Rocha. Não há razão para implantar pedágios nos trechos previstos. Já temos melhorias conquistadas por meio do investimento público”, afirmou Roberto Engler, que quebrou o protocolo e exigiu a palavra, o que permitiu que todos os representantes da região de Franca também pudessem falar.


O deputado estadual Roberto Engler enfatizou o fato de que os novos trechos a serem concessionados na região de Franca não receberão investimentos, mas apenas as novas praças de pedágio.


“Quem quer esse presente de grego? (...) É claro que isso causa indignação, é claro que isso é uma injustiça de governo. E o povo não há de ficar quieto. O povo vai se mexer. Aliás, o povo tem aprendido a se mexer. Tem aprendido a se manifestar contra essas determinações que vêm de cima pra baixo, sem ouvir a população. É uma injustiça”, argumentou o parlamentar.


Roberto Engler ainda lembrou que o próprio governador Geraldo Alckmin (PSDB) já havia afirmado publicamente que as melhorias em fase de obras na Rodovia Cândido Portinari por meio de investimentos do Tesouro Estadual não seriam sucedidas de pedágio.


“Tem mais um detalhe que todos nós sabemos. O governador esteve em Franca e, por várias vezes, em frente à Imprensa, asseverou: ‘essa rodovia, Cândido Portinari, não terá pedágio’. Cabe ao parlamentar, e desde Mário Covas faço isso... Quando o governado fala, eu tenho a obrigação de pegar o que ele falou e contar para a população. Fiz isso com Mário Covas, fiz isso com Geraldo Alckmin, fiz isso com José Serra e chegou Geraldo Alckmin... De repente eu caí do cavalo... Por quê? Ele está faltando com a palavra dele. Ele falou uma coisa e não está cumprindo”, disse o deputado.


Por fim, o parlamentar sugeriu à Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) duas propostas: a eliminação das duas novas praças de pedágio ou a não inclusão dos novos trechos da região de Franca no lote de novas concessões. “Isso ajudaria a manter a justiça e ajudaria a manter a palavra do governador”, ressaltou Roberto Engler.

+ mais audios